10 razões para um vinho ser caro

abreTomo vinho desde os 17 anos. E sempre me perguntei o que fazia com que alguns rótulos fossem tão mais caros que outros. Duvidava um pouco que aqueles vinhos que eu nem sonhava em ter dinheiro para comprar pudessem ser de fato tão melhores do que aqueles que bebia, que já não eram tão baratos nem tão ruins. Até que um dia, quando estava fazendo uma reportagem sobre vinhos para a revista República, fui convidada para uma degustação vertical de Château Latour, um maiores e mais caros vinhos de Bordeaux (a garrafa da safra 2005 hoje é vendida no Brasil por quase R$ 9 mil). Uma degustação vertical é aquela em que você experimenta várias safras. Nessa tarde, tomamos à vontade Latours desde a safra de 1955 até uma safra do fim dos anos 90, que não lembro exatamente qual era. As minhas preferidas foram 1961, 1982 e 1985 — que só depois vim a descobrir que são safras históricas. Mas, no primeiro gole que dei no vinho mais jovem, percebi que aquilo era infinitamente melhor do que o mais caro dos vinhos que eu costumava beber. Na verdade, era algo que nem devia ter o mesmo nome.

Saí da degustação, entre maravilhada e desolada. Afinal, eu nunca teria dinheiro para comprar um Château Latour. Continuaria bebendo o que sempre bebi… Mas a vida não é bem assim. Fora o fato de que acabei escrevendo sobre vinhos e tomando Latour e outros vinhos bem caros algumas outras vezes na vida, hoje em casa bebo bem melhor do que naquela época. E não foi porque fiquei rica. Tudo bem,  invisto em garrafas um pouco mais caras do que na época. Mas não tanto. Não costumo gastar mais do que R$ 150 (isso em situações muito excepcionais). Nos fins-de-semana comuns, fico na faixa dos R$ 50. Só que hoje sei fazer meu dinheiro valer. Vários fatores interferem no preço de um vinho. Aquilo que faz o preço subir, algumas vezes, eleva também a qualidade. Mas nem sempre na mesma proporção. E há fatores que influenciam no preço sem qualquer efeito sobre a qualidade, como marketing, por exemplo. A seguir uma relação de motivos para um vinho ser mais caro que o outro e a explicação de como isso pode ou não interferir na qualidade:

Continuar lendo

Anúncios